Desafios e perspectivas do cultivo do Eucalyptus, para fins energéticos no estado do Tocantins

Autores

  • Felício Antônio Duarte
  • Erich Collicchio

Resumo

Este trabalho utilizou-se de uma metodologia de dados secundários de instituições renomadas. Visou compilar as informações e analisar os desafios e perspectivas do cultivo do Eucalyptus para fins energéticos no estado do Tocantins, com ênfase no carvão vegetal. Carvão vegetal e indústria de celulose são os maiores demandantes dos plantios florestais tanto no Tocantins como no País inteiro. De 2010 a 2017, foi constatado que a área de plantio com Eucalyptus no Estado foi ampliada em 304%. O Tocantins possui um grande potencial produtor de carvão vegetal, sobretudo na região norte, onde se concentram 44% dos plantios de Eucalyptus. Essa concentração se deve à proximidade da região com empresas localizadas ao sul do estado do Pará (siderúrgicas) e ao sudoeste do estado do Maranhão (siderúrgicas e celulose).

Downloads

Publicado

2020-06-25

Como Citar

Duarte, F. A., & Collicchio, E. (2020). Desafios e perspectivas do cultivo do Eucalyptus, para fins energéticos no estado do Tocantins. Revista Liberato, 21(35), 15–26. Recuperado de http://revista.liberato.com.br/index.php/revista/article/view/636