Análise da formação humanística, social e inovadora em cursos de Engenharia Civil de Pernambuco

Autores

  • Arlindo Raposo de Mello
  • Luciano Andreatta-da-Costa

Resumo

Este artigo tem como objetivo avaliar se os cursos de graduação em Engenharia Civil de universidades públicas no estado de Pernambuco atendem às expectativas das demandas profissionais, tendo como foco: a sustentabilidade ambiental, as questões humanísticas e as inovações tecnológicas. Utilizou-se a metodologia de análise de conteúdo, a partir da pré-análise, da exploração do material e do tratamento dos resultados, conforme preconiza Laurence Bardin. Além disso, os projetos pedagógicos de cinco graduações e duas entrevistas com engenheiros, que têm atuado no mercado de trabalho, foram considerados. Os resultados demonstram que as questões ambientais e de inovação tecnológica estão presentes nesses projetos pedagógicos, porém a formação dos professores é pouco contemplada nesses documentos. Além disso, as entrevistas realizadas com profissionais evidenciam que há pouca articulação entre as formações em engenharia e as necessidades por demandas profissionais.

Downloads

Publicado

2021-06-30

Como Citar

Mello, A. R. de, & Andreatta-da-Costa, L. (2021). Análise da formação humanística, social e inovadora em cursos de Engenharia Civil de Pernambuco. Revista Liberato, 22(37), 105–118. Recuperado de http://revista.liberato.com.br/index.php/revista/article/view/686